Get Adobe Flash player

O Site no Cotidiano

Ant Prox

Povo da Gente

Abraão Cavalcanti - Colunista/Site: www.abraaocavalcanti.com.br -, mais o seu colega de Suplência do PMDB/JP, Marcos Bandeira, visitaram o Presidente da Sigla, em Lucena - Leo Bandeira -, e no IFPB, se inscreveram para a pós-graduação (Gestão Pública).

14.01.13 - O Colunista deste SITE - www.abraaocavalcanti.com.br -, a convite do Ex-Candidato a Prefeito de Lucena e Presidente Municipal do PMDB naquela Cidade, Leo Bandeira, foi a "terra do sol" realizar uma entrevista com a liderança retromencionada, na companhia do companheiro de Partido, Marcos Bandeira - o qual, também, é suplente de Vereador do PMDB de João Pessoa -, cuja publicação da matéria será feita no início de fevereiro vindouro.

Leo Bandeira, segundo Abraão Cavalcanti: "foi mais uma das vítimas da falta de estratégia das lideranças maiores do PMDB que não têm apoiado, a contento, as verdadeiras lideranças emergentes da Sigla". Abraão acha que "a maioria desses líderes - comprovadamente testados nas urnas -, não tmê recebido a devida atenção e, por conseguinte, estão a mercê de perder valiosos espaços conquistados com muita luta e trabalho para aventureiros eleitorais que não fazem parte de suas bases, mas, exatamente em razão da força do poder econômico têm colocado barreiras incomensuráveis na frente das lideranças populares, objetivando, ardilmente postulações políticas de homens do povo e de orígens humildes".

Na entrevista, os candidatos na Eleição de 2012 - Leo Bandeira (Postulou vaga para Prefeito de Lucena), além de Abraão Cavalcanti e Marcos Bandeira (Que postularam vagas de Vereador em João Pessoa), denotaram que é plenamente possível contribuir para a construção de um partido forte, entretanto, segundo Abraão Cavalcanti: "isso é apenas possível, quando, efetivamente, a cúpula partidária, seja no âmbito regional ou local passa a estabelecer laços para o fortalecimento de não apenas um pequeno grupo, mas, indiscutivelmente, de todas as pessoas que são vinculadas. Na maioria das vezes, os dirigentes partidários só observam as suas verdadeiras lideranças nos períodos eleitorais, mesmo assim, com mediocridade, sem o mínimo de respeito e sem interesse algum no sucesso eleitoral dos que realmente têm chance vitória , quando não têm afinidade pessoal. Isso é lamentável".

Abraão Cavalcanti, na reportagem, apresenta números impressionantes, através dos quais, se conclui que, com o mínimo de organização e respeito a causa, muitas lideranças a exemplo de Leo Bandeira seriam hoje, sem sombra de dúvidas uma autoridade política respeitada.

Leo Bandeira, ficou em segundo lugar no último pleito, em Lucena. Apenas 80 votos o separaram do atual Prefeito depois da contagem final dos votos. Com um pouquinho de apoio, Leo Bandeira, com certeza seria o gestor principal daquela Cidade praieira", concluiu Abraão Cavalcanti.

Aguardem a publicação desta importante matéria que será postada no nosso Site, no mês de fevereiro vindouro.

Editado e Postado neste Site por: Arthur Cavalcanti (Fotos:  Marlos Batista)

Causou Impacto

Ant Prox