Get Adobe Flash player

O Site no Cotidiano

Ant Prox

Povo da Gente

Trócolli denuncia: paraibanos quitam a casa própria, mas Ricardo não entrega imóveis

20.09.13 - Deputado estadual Trócolli Júnior (PMDB) sobre Ricardo Coutinho: Depois que ele chegou ao governo e infelizmente parece que ele esqueceu esse compromisso".

Uma denúncia grave feita pelo deputado estadual Trócolli Júnior (PMDB), nesta quinta-feira (19), revela o descaso do governo do estado com cidadãos paraibanos. Onze anos depois de terem terminado de pagar a casa própria, 245 pessoas inscritas no programa de habitação estadual ainda esperam para receber a moradia. Desde o ano de 2002 esses mutuários aguardam para ter acesso aos imóveis já quitados.

"São 245 mutuários que quitaram seus imóveis e que, infelizmente, a Cehap e o governador Ricardo Coutinho não tomaram uma atitude para solucionar o problema. É bem verdade que o problema já vem de outros governos, mas o governador Ricardo Coutinho já está no terceiro ano de mandato e ele é o governador da Paraíba, não são os governadores que passaram, ele que tem que dar uma solução para esse problema", disse Trócolli.

As casas que não foram entregues fazem parte de um plano de habitação iniciado no ano de 1996, por meio do Instituto de Previdência do Estado (Ipep), no qual servidores estaduais tinham o pagamento do imóvel descontado no próprio contra-cheque. Anualmente, o governo realizava sorteios para entregar as unidades habitacionais para os inscritos no projeto. Em 2002 todas as casas deveriam ser entregues aos mutuários, porém não foi o que aconteceu. No ano de 2003, a responsabilidade do plano habitacional do Ipep passou para as mãos da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), que seguiu sem solucionar a questão.

"O que nós não podemos é aceitar que os mutuários continuem morando em casas alugadas. Muitos deles gastaram todas as suas economias para quitarem os seus imóveis e, infelizmente, nada foi feito por parte do governo desse estado. Nós estamos fazendo um apelo para que o governador abrace definitivamente essa causa. Eu me lembro quando o governador era vereador junto comigo e lutava pelos mutuários de Mangabeira VII, porque eu estava nessa luta também com ele. Depois que ele chegou ao governo e infelizmente parece que ele esqueceu esse compromisso", lamentou Trócolli Júnior.

Conforme denuncia o deputado, os mutuários já tentaram dialogar com a atual presidente da Cehap, Emília Correia, que propôs aos mutuários se inscreverem no programa "Minha Casa, Minha, sendo que os mesmos já pagaram as suas casas e têm o direito de recebê-las sem ter que entrar em um novo projeto.

"As propostas que foram feitas pela Cehap até hoje são propostas esdrúxulas que não atendem as expectativas desses 245 mutuários", declarou Trócolli acrescentando que "na Cehap hoje existem indicações para distribuição de casas. Existem denúncias, inclusive, de pessoas que influenciam financeiramente para receber as suas moradias próprias e isso é inadmissível. Nós queremos a solução dos 245 mutuários que têm o direito de receber as suas moradias, mas queremos, principalmente, sensibilizar o governo do estado que ele tem que resolver essa situação imediatamente".

Trócolli propõe sessão especial para discutir o problema:

O deputado Trócolli Júnior deu entrada em um requerimento para a realização de uma sessão especial, com a presença da presidente da Cehap, Emília Correia, para que os fatos sejam esclarecidos e uma solução seja encontrada para o problema. A sessão deve ocorrer no dia 9 de outubro com a participação do Ministério Público Estadual.

Postado neste Site por:  Abraão Cavalcanti

Causou Impacto

Ant Prox