Get Adobe Flash player

O Site no Cotidiano

Ant Prox

Povo da Gente

Diretório do PMDB faz reunião e decide por candidatura própria na Capital em 2016

11.07.15 - Tesoureiro e suplente de Vereador do PMDB/JP, Abraão Cavalcanti: "o PMDB não pode mais ser coadjuvante nos processos eleitorais no âmbito da Capital".

Em reunião do Diretório Municipal do PMDB no final da manhã deste sábado (11), o partido decidiu, quase que por unanimidade dos participantes, ter candidatura própria para disputar as eleições para prefeito de João Pessoa em 2016. Foram computados 42 votos a favor da proposta de candidatura própria e apenas um contra.

A reunião, que começou por volta das 9h, terminou às 12:30h e foi convocada pelo presidente municipal da legenda, o deputado federal Manoel Júnior.

Com a aprovação da candidatura própria, o Diretório pretende iniciar discussões para formar, junto com outros partidos, uma frente de oposição para disputar a Prefeitura da Capital em 2016.

Além de Manoel Júnior, participaram das discussões lideranças importantes como os deputados estaduais Gervásio Maia e Trócolli Júnior e a ex-deputada Olenka Maranhão.

O senador José Maranhão foi convidado, mas não participou da reunião deste sábado em João Pessoa. O senador telefonou para dizer sobre a impossibilidade de estar na capital paraibana devido a um compromisso já agendado em Brasília, com o vice-presidente Michel Temer.

O Tesoureiro e suplente de Vereador do PMDB/JP, Abraão Cavalcanti, disse que a reunião de hoje foi marcada quando do último encontro da Diretoria Executiva Municipal, ocorrida no dia 22 de maio passado, ocorrida às 11:00 (onze) horas, na  Avenida Duarte da Silveira - nº 767, Bairro da Torre, na Cidade de João Pessoa - PB, no ambiente interno do Diretório Estadual do PMDB  (cedido excepcionalmente ao Diretório Municipal do Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB de João Pessoa - PB para a realização do encontro dos membros da sigla peemedebista), quando, oportunamente, estiveram reunidos os membros da Diretoria Executiva Municipal desta Capital, assim como, membros do Conselho Fiscal, membros do Conselho de Ética e Disciplina Partidária e Suplentes que deliberaram sobre os assuntos diversos e de interesse geral dos filiados, de acordo com a pauta efetivamente descrita em Edital publicado previamente conforme estabelece o Estatuto e Regimento partidário, no qual, foram deliberados os seguintes assuntos: Prestação das contas referentes aos exercícios da atual gestão; Filiações de lideranças políticas para a preparação da chapa proporcional para as eleições de 2016; e, principalmente sobre a Reunião do Diretório Municipal que hoje deliberou sobre a candidatura própria as eleições municipais, em outubro de 2016, nesta Capital.

Segundo Abraão Cavalcanti, no que diz respeito as contas partidárias referentes aos exercícios de 2013 e 2014, todos os presentes deliberaram uma monção de aplauso pela demonstração da transparência da atual Diretoria Executiva Municipal em distribuir cópias dos balancetes para todos os presentes na reunião. Ele disse que, no dito evento, todos aprovaram a iniciativa e enaltecer a lisura como que o partido tem encarado atualmente as suas obrigações financeiras e os seus haveres.

Na mesma Reunião, segundo o Tesoureiro do Partido, o Presidente – Manoel Júnior -, apresentou proposta, consultando um a um dos membros presentes, sobre a constituição de uma Comissão para recepcionar, deliberar e abonar quinzenalmente as filiações partidárias a partir daquela data. Esta proposta também foi aprovada por unanimidade culminou com a apresentação por parte do Presidente dos nomes de filiados e dirigentes para compor a referida Comissão, cuja composição ficou disposta pelos seguintes filiados: como Presidente foi escolhido Manoel Alves da Silva Júnior e, como Membros foram aprovados os nomes de Abraão Cavalcanti de Lacerda, Diego Amarante, Gervasio Agripino Maia Filho e, Roselvet Vitta.

Abraão Cavalcanti, ainda discorreu sobre o assunto afeto a reunião de hoje, acrescentando que na reunião do dia 22 de maio passado, depois que foram cumpridas as duas primeiras metas da pauta constante no EDITAL, o Presidente convocou os filiados e membros do Diretório Municipal, para deliberar sobre a data da Reunião pelo Diretório do PMDB de JP, para a escolha por parte dos diretorianos de duas teses, quais sejam "se nas eleições de 2016 o partido fixaria posição em favor da candidatura própria para Prefeito da Capital em 2016 ou adotaria uma política de alianças para esse pleito. Acrescentou o Suplente e Tesoureiro do PMDB, Abraão Cavalcanti: "Na reunião do dia 22 de maio passado, ficou estabelecido que o Diretório do PMDB se reuniria hoje, como assim o fez, para optar entre o estabelecimento de uma política de alianças ou para aprovar a tese de que o PMDB terá candidatura própria no pleito Municipal de João Pessoa, em 2016. Portanto, cumprimos a segunda e última etapa já que hoje assim decidimos colegiadamente por uma larga margem de votos, ou seja, os peemedebistas de João Pessoa aprovaram neste dia 11 de julho histórico, que a Sigla terá candidato a Prefeito de João Pessoa nas eleições de 2016 vindouro".

Já na reunião realizada hoje pela manhã, quando lhe foi facultado a palavra pelo Presidente Municipal do PMDB - o Deputado Federal Manoel Júnior -, Abraão Cavalcanti, na qualidade de um dos integrantes da mesa que comandou efetivamente os trabalhos afetos ao encontro, disse que "o PMDB não pode mais ser coadjuvante nos processos eleitorais no âmbito da Capital". Na oportunidade, Ele ainda falou da importância da união dos maiores líderes  da legenda em João Pessoa, citando a garra e a determinação dos Deputados Trócolli Júnior e Manoel Junior, considerando ambos como os seus principais "orientadores políticos", e apontando-os como "parlamentares defensores da bandeira do PMDB", apesar de ter opinião formada de que "mesmo com a posição contrária de várias lideranças pessoenses, o partido tem sido sempre - nos últimos pleitos -, colocado em situação de retaguarda, ou seja, figurando como coadjuvante nas decisões, especialmente, nos processos de escolha e de posicionamentos efetivos dos integrantes das chapas majoritárias formadas sem o respaldo das bases partidárias".

Clique AQUI neste LINK e acesse a galeria de FOTOS da Reunião do PMDB que decidiu sobre a tese de candidatura própria do partido no pleito de 2016 para Prefeito desta Capital.

Com relação ao que  afirmou recentemente durante entrevista concedida a Site local de que "sempre existiu uma tentativa clara de neutralização da força do PMDB quando da formalização das chapas majoritárias, especialmente, quando das negociações partidárias internas para a composição de nomes a serem oferecidos para o processo majoritário, nos últimos pleitos eleitorais em João Pessoa, Abraão Cavalcanti asseverou: "essas manobras, são eventuais, estratégicas e busca encolher a participatividade da legenda na tomada das decisões em prol do desenvolvimento da Capital paraibana, especialmente, quando se trata das políticas públicas para contemplar as áreas mais carentes - periféricas ou não" desta Cidade, já que o PMDB de João Pessoa sempre elabora um Programa de Governo diferenciado e rico em relação as demais legendas, pois, há em suas hostes pessoas gabaritadas para tanto, sem querer diminuir, evidentemente a capacidade técnica dos demais membros dos partidos que fazem política nesta Urbe. Mas, isso é uma marca do PMDB, esta Sigla que também consideramos uma grife, exatamente porque tem essa marca registrada de deter bons quadros técnicos em sua equipe de filiados e de colaboradores, que não se furtam, desde que convidados, a fomentar quaisquer equipes no seio das gestões municipais e que eventualmente estão colaborando na formalização de projetos para catalizar recursos no âmbito dos outros Entes Federativos. Isto, as vezes, causa até calafrio naqueles que pensam pequeno no que diz respeito a máquina pública, já que não tendo essa gama de recursos humanos gabaritados, não conseguem exploram a contento aquilo o que efetivamente pode gerar de serviços e benfeitorias em prol da sociedade como um todo".

Abraão Cavalcanti citou, inclusive, várias obras inacabadas deixadas pelas gestões passadas da PMJP, além de outras aventadas como prioritárias no Orçamento Democrático e publicadas em Semanário Oficial da Prefeitura como essenciais e com datas para iniciarem e que jamais saíram do papel, a exemplo das ruas Josemar Leite de Araújo, Joaquim Nonato de Aquino, Roderico Toscano, Nelson Careira, Patrulheiro Sebastião Fernandes e Egídio de Oliveira Lima, além do esgotamento sanitário e do Campo de Futebol em Oitizeiro, cuja promessa para início foi oficializada no dito jornal que publica os atos e administrativos que são oficializados pelos gestores municipais. Segundo Abraão Cavalcanti, essas obras foram prometidas para iniciar  "há vários anos atrás". Outras foram iniciadas, mas, sequer, terminadas. Asseverando: "essas promessas se arrastam há mais de uma década, entretanto, as artérias por onde passam os transportes coletivos, assim como, a reforma do Mercado de Oitizeiro e outras de cunho relevante para os bairros que compõem essa carente Região da Cidade são estruturantes para a economia e para o bem estar dos moradores dos Bairros adjacentes e que compõem a Região de Oitizeiro, mas, Eles fazem questão de fazer em pedaços, ou enganar o povo dizendo que irá começar a obra, mas, apenas nos períodos eleitorais. O Prefeito anterior e o atual demonstram com essa lentidão e com o não cumprimento de suas promessas que não têm compromisso com essa área da Cidade. Portanto,  essa situação precisa ser mudada. Temos a oportunidade no próximo pleito de eleger um peemedebista que possa gerir os destinos da Prefeitura da Capital, mas, que tenha o olhar voltado também para os bairros carentes de obras encravados nesta Capital, a exemplo do Jardim Planalto, do Funcionários I, do Novaes e das suas comunidades subnormais adjacentes I(Cabral, Bola na Rede, Guaíba, Baleado, Três Lagoas, Independência, Juracy Palhano, etc.). Abraão finalizou os seus posicionamentos apontando o nome do Deputado Federal Manoel Júnior como um páreo capacitado, ilibado e experiente para gerir os destinos da Cidade de João Pessoa e que segundo a sua visão, tem tudo para ser o escolhido para representar o partido como candidato da legenda em 2016, evidenciando: "é um nome denso e capacitado para essa missão relevante e honrosa".

No sábado passado, Abraão Cavalcanti, empolgado com o resultado das urnas durante a reunião do Diretório do PMDB de JP, que escolheu a tese de candidatura própria para o pleito de 2016, em João Pessoa, postou no seu perfil pessoal do Facebook a seguinte mensagem: "Ontem a democracia que temos pregado há vários anos para o PMDB de João Pessoa, foi efetivamente colocada em prática. Decidimos transparentemente e no voto - colegiadamente -, por maioria absoluta dos Diretorianos (com o Placar elástico de 42 a 1) que o nosso partido terá candidatura própria para Prefeito de João Pessoa em 2016. Foi uma festa linda, da qual, participei e colaborei com os trabalhos dos companheiros que também organizaram o evento, inclusive, como Tesoureiro do PMDB de João Pessoa, me posicionaram honrosamente na mesa ao lado do nosso Presidente Manoel Júnior, do amigo e Deputado Estadual Trócolli Júnior e de outras figuras peemedebista relevantes presentes. Foi um dia de trabalho muito intenso, mas, evidentemente, de muita importância para a nossa vida partidária".

Editado neste Site e Postado por: Arthur Cavalcanti (Im.: Joserly Luiz)

Editado neste Site e Postado por: Arthur Cavalcanti

Causou Impacto

Ant Prox